0
Imagem mostra pessoa fazendo contas entre a Tabela Price ou SAC

Tabela Price ou SAC: qual a melhor opção para você comprar seu imóvel?

Você já ouviu falar em termos como Tabela Price ou SAC? Se não, mas pretende comprar um imóvel, é melhor começar a se acostumar com eles. Afinal, você precisará se decidir por um desses dois sistemas de amortização ao comprar a sua casa ou apartamento. 

Um sistema de amortização é um modelo de organização das parcelas que o consumidor deve pagar ao comprar um imóvel. É importante ter em mente que as parcelas não consistem somente no valor da dívida assumida. Existem vários outros itens que são adicionados no saldo devedor, como a taxa de juros, o seguro e outras taxas cobradas pelo banco. Diante disso, existem várias formas de calcular qual será o valor da parcela.

Dependendo do modelo escolhido, Tabela Price ou SAC, a compra pode ficar mais ou menos acessível, mas também mais ou menos barata. Por essa razão, é essencial entender como cada modelo funciona para escolher a opção certa para você!

O que é a Tabela Price?

A Tabela Price, também conhecida como Sistema Francês de Amortização, é um modelo de amortização de parcelas de financiamento em que as parcelas assumem um valor fixo durante todo o período da dívida, ou seja: o consumidor sabe exatamente qual será o valor mensal de todas as prestações, independentemente do acordo de financiamento durar 30 anos ou 15 meses.

Por causa disso, as parcelas mensais começam mais baixas do que no sistema da Tabela SAC. Isso porque o modelo de financiamento gera um valor estável por todo o período do acordo, o que permite uma melhor distribuição dos pagamentos.

Para gerar valores fixos, as parcelas da Tabela Price começam quitando uma menor parte do saldo devedor e uma maior parte da taxa de juros. Supondo, por exemplo, que a parcela do financiamento imobiliário seja de R$2.000,00, é possível que no começo, ao redor de R$1.990,00 seja de juros e apenas R$10,00 seja de amortização do saldo devedor. Aos poucos, as proporções nas parcelas vão mudando até que, na última parcela do acordo, praticamente tudo é quitação do saldo devedor, enquanto a minoria é juros.

O lado negativo desse modelo é que ele faz com que o valor pago no final seja maior. Afinal, como o saldo devedor permanece quase sem impacto por muito tempo, o peso dos juros é muito maior. Portanto, contabilizando tudo pago, a Tabela Price tende a ser mais cara.

O que é a Tabela SAC?

Já a Tabela SAC (Sistema de Amortização Constante) trabalha de outra forma. Nela, as parcelas são decrescentes, ou seja: elas começam em um valor mais alto e vão caindo mês a mês, até chegar a montantes bem pequenos.

Isso acontece porque a parcela conta com um valor constante de amortização no saldo devedor, sendo que todos os meses você pagará um valor X do seu saldo devedor. Por isso, como os juros incidem sobre o saldo devedor, eles serão menores todos os meses. Isso acaba reduzindo o valor das parcelas a cada mês.

Por causa dessas características, a Tabela SAC é menos acessível. Afinal, é necessário ter mais dinheiro para pagar as altas parcelas no começo do financiamento. No entanto, depois de um tempo, as parcelas vão sendo reduzidas e fica bem mais fácil lidar com o financiamento.

Além disso, em longo prazo, o valor pago na Tabela SAC tende a ser menor pois a incidência de juros é menos intensa.

Tabela Price ou SAC: qual a melhor opção?

Agora que já vimos o que elas significam, é hora de entender qual a melhor opção entre Tabela Price ou SAC. Nesse caso, a resposta correta vai depender do seu contexto.

Isso porque as parcelas não podem ultrapassar 30% do seu rendimento bruto – é o que a lei determina! Portanto, a Tabela SAC é inacessível para muita gente, já que tem parcelas iniciais bem altas. Assim, não é todo mundo que consegue ter uma renda alta o suficiente para ela.

Para quem tem uma renda menor, a Tabela Price é muito mais acessível e melhor para planejar os pagamentos, ainda que tenha um resultado final mais caro.

Portanto, uma regrinha básica seria:

  • se você tiver dinheiro mensal para as parcelas mais altas, a SAC é a melhor;
  • se não tiver, a Price é a recomendada.

Agora que você já sabe escolher entre Tabela Price ou SAC, está um passo mais próximo de conseguir realizar o sonho da casa própria (que é o sonho de consumo mais comum entre os brasileiros). No entanto, lembre-se de que todo cuidado é pouco ao se envolver em um negócio de tão longo prazo, como é o caso de um financiamento imobiliário, que leva em média 30 anos para ser quitado.

Diante disso, vale a pena se consultar com um advogado imobiliário antes de tomar uma decisão, para que ele possa analisar o contrato de financiamento e garantir que esteja tudo em ordem, sem a cobrança de juros abusivos

Quer acompanhar mais dicas para comprar um imóvel com segurança? Então curta nossa página no Facebook!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp chat