Saiba como conduzir o processo de inventário adequadamente

O falec­i­mento de um ente querido é sem­pre algo extrema­mente traumático, mas a vida neces­sita seguir em frente e havendo bens, o inven­tário deve ser real­izado sem perda de tempo.

O con­hec­i­mento téc­nico é indis­pen­sável nestes casos, mas o fator humano não pode ser descon­sid­er­ado. Muitas vezes as cir­cun­stan­cias do caso fazem com que o advogado rep­re­sente um papel impor­tan­tís­simo de unifi­cador na dinâmica familiar, ele­mento cru­cial não só para o resul­tado, mas tam­bém para a rapi­dez e o custo da res­olução do inventário.

Como seria de se esperar, o momento da divisão é uma fase poten­cial­mente explo­siva e que pode gerar sérios desen­tendi­men­tos pes­soais. Para geren­ciar inter­esses con­fli­tantes, ten­tar via­bi­lizar um acordo quanto à dis­tribuição da her­ança e, ainda, man­ter a família unida, é necessário ter muito tato e sen­si­bil­i­dade no tratamento das coisas.

Assim sendo, os atrib­u­tos de per­son­al­i­dade são, por­tanto, deter­mi­nantes e por isso é necessário ter cuidado: sempre dê prefer­ên­cia a um profis­sion­al do Dire­ito que seja acessível, trans­par­ente, pos­sua poder de comu­ni­cação e esteja dis­pos­to a inter­me­diar o diál­ogo entre os famil­iares. Isso via­bi­liza a real­iza­ção de acor­dos e evita cus­tos extravagantes.

Den­tre os prin­ci­pais tópi­cos que tratamos no dia a dia do dire­ito das sucessões, destacam-​se:

• Inven­tários, par­til­has e sobrepar­tilha de bens;
• Tes­ta­men­tos — elab­o­ração, reg­istro e validação
• Inter­me­di­ação de acor­dos entre herdeiros
• Ações rel­a­ti­vas à defesa dos inter­esses do espólio e da família
• Plane­ja­mento sucessório

Deseja saber mais sobre nossos serviços, e como se que encaixam em seu per­fil? Consulte-nos!

ENTRE EM

CONTATO CONOSCO





André Castilho Advogados

NA MÍDIA

terra-300x200
infomoney-300x200 (1)