0
Saiba como escolher advogado com facilidade

Como escolher advogado para lidar com seus problemas

Escolher advogado, médico e seguro é o tipo de coisa que ninguém quer fazer, mas, infelizmente, às vezes é necessário. Por isso, quando a hora chega, é importante ter o apoio de um bom profissional para ajudar em um momento de crise.

Mas como encontrar esse bom profissional? No ramo do Direito, especificamente, como escolher um advogado que seja adequado para ajudar a lidar com os problemas que você enfrenta?

No artigo de hoje, daremos algumas dicas de como você pode encontrar um bom profissional para ajudá-lo em seu momento de dificuldade. Para saber mais, continue lendo o artigo.

Busque por um advogado próximo de você

Um dos principais pontos sobre como escolher advogado para ajudar a lidar com os seus problemas jurídicos é encontrar um profissional que esteja perto de você. É claro que a tecnologia ajuda a se reunir com o advogado por videochamadas, mas é importante ter uma reunião frente a frente para tratar dos detalhes do caso.

Não é preciso que, necessariamente, o escritório do advogado fique no mesmo bairro em que você mora, mas é importante que seja a uma distância relativamente próxima e que você possa percorrê-la sem problemas.

Por isso, limite a sua busca pela sua cidade e, no máximo, algumas vizinhas para encontrar um bom advogado.

Pesquise a especialidade antes de escolher advogado

O Direito é dividido em vários ramos que abrange a relação de compra e venda de produtos, como a renegociação de dívidas. Ao mesmo tempo, existe o Direito Civil, que rege a vida comum das pessoas, com assuntos como o divórcio, por exemplo.

Seja qual for o seu problema, é importante escolher um advogado que seja especializado no assunto ou que, pelo menos, domine bem aquela matéria para que ele possa auxiliá-lo da melhor maneira possível.

Se preciso for, peça indicações para amigos ou conhecidos que já tenham enfrentado um problema similar. Uma das melhores maneiras de encontrar bons profissionais é pela recomendação de alguém no seu círculo de amizades.

Escolha um profissional que esteja preparado para o assunto

A primeira reunião entre um advogado e um potencial cliente é um encontro de avaliação para ambos. O profissional analisará os detalhes do seu caso para elaborar a melhor estratégia possível para defender seus interesses.

Ao mesmo tempo, você deve analisar se o advogado está preparado e se ele domina o assunto em questão. Faça perguntas, analise como ele responde e se as informações que ele passa transmitem veracidade.

Assim, você saberá que pode confiar na capacidade técnica daquele profissional. No entanto, se sobrar alguma desconfiança, não hesite em buscar pelo histórico do advogado na Internet para ver se ele tem experiência em lidar com casos parecidos com o seu.

Escolha um advogado que usa a tecnologia

O avanço tecnológico chegou em todas as áreas possíveis e não seria diferente no Direito. Existem diversos modelos de programas e aplicativos para advogados que ajudam os profissionais a realizarem suas funções.

Esses programas podem ser genéricos ou especializados na área jurídica. Por exemplo, o Skype, WhatsApp e o Google Docs são opções simples de aplicativos genéricos. Eles auxiliam o profissional a se comunicar com seus clientes ou elaborar suas petições sem perder os documentos.

No entanto, também existem programas mais específicos. Um bom exemplo de software jurídico é aquele que ajuda o advogado a gerenciar seus processos de forma produtividade, minimizar os erros no trabalho e aumentar as chances de vitória no tribunal.

Por isso, entre um profissional atualizado e que usa a tecnologia a seu favor e um desatualizado, ainda nos métodos antigos, dê preferência ao novo para garantir um tratamento mais moderno e eficiente.

Opte por um profissional que preza pela transparência

A relação entre um advogado e seu cliente deve ser de total confiança. Afinal, o profissional é o seu representante jurídico, escolhido para trabalhar pelos seus interesses em diversas áreas da vida.

Portanto, é importante que você escolha um advogado que preza pela transparência na sua relação profissional. É claro que, por vezes, é confortável ouvir do advogado que “tudo vai ficar bem”. No entanto, é horrível quando as coisas dão errado.

Por isso, é essencial que o advogado possa oferecer informações simples, diretas e que ajudem o cliente a tomar as suas decisões, mesmo que as informações em questão sejam negativas para ele.

Além disso, faz parte da boa ética profissional que o advogado atualize, sempre que necessário, todas as informações ao cliente sobre o andamento dos seus processos, qual a estratégia e os próximos passos até a decisão judicial sobre cada caso.

Seguindo as nossas dicas, ficará mais fácil escolher advogado para defender os seus interesses jurídicos. Lembre-se de optar por um profissional que trabalhe de maneira transparente, sem nenhum tipo de punição disciplinar por falta de ética, que seja especializado no seu tipo de caso e que esteja próximo de você.

Gostou das nossas dicas? Então curta nossa página no Facebook para acompanhar mais conteúdo de qualidade!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

ATENDIMENTO
(11) 5225-8300
WHATSAPP
(11) 5225-8300
E-MAIL
andre.castilho@acsa.adv.br