0
Aprenda como escolher um bom advogado de divórcio

Como escolher um advogado para realizar divórcio?

Atualmente, cerca de um terço de todos os casamentos no Brasil terminam em separação. Por isso, não é incomum precisar contratar um advogado para a realização do divórcio.

Por mais que ninguém entre em um casamento pensando em divórcio, às vezes é necessário contar com esse mecanismo jurídico. Nem sempre um relacionamento pode ser eterno, mesmo quando as pessoas ainda se amam.

Por isso, é importante contratar um bom advogado para divórcio de modo a poder agilizar ao máximo a separação. Assim, o casal pode lidar mais rapidamente com a situação e seguir em frente.

Quer saber como escolher um bom advogado para um divórcio? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Opte por um advogado para realizar o divórcio que foque no extrajudicial

Atualmente, existem duas maneiras de se fazer um divórcio no Brasil: a judicial e a no cartório.

A primeira é um pouco mais cara e demorada, mesmo que seja amigável. Um divórcio litigioso, no entanto, é a opção mais custosa para o casal tanto do ponto de vista financeiro quanto emocional.

Por isso, a melhor opção para o casal é tentar o divórcio extrajudicial, que é feito no cartório de maneira mais rápida e mais barata que a separação judicial.

Dessa forma, é interessante contar com um advogado que incentive esse tipo de processo, uma vez que ele é o mais vantajoso para os envolvidos. 

Conte com quem sabe usar a mediação para evitar o tribunal

Idealmente, um casal que se separa quer evitar o tribunal a todo custo, mesmo que não saiba disso (e acredite que, na verdade, quer o divórcio litigioso).

A razão disso é a mesma que já mencionamos: o divórcio no cartório exige menos em termos financeiros e emocionais.

No entanto, às vezes uma das partes envolvidas não quer esse caminho. Seja por mágoa emocional, seja por não concordar com a separação dos bens, um dos membros do casal prefere levar a situação para o tribunal.

Por mais que pareça a atitude que essa pessoa quer tomar, eventualmente ela se arrependerá disso por causa do custo emocional e financeiro da decisão.

Por isso, um bom advogado de divórcio com especialização em mediação pode atuar de maneira a tentar fazer com que o casal encontre um caminho aceitável para ambos.

A ideia é conseguir resolver o problema que faz com que um dos membros do casal que não topa o divórcio no cartório mudar de opinião para que todos saiam ganhando.

A mediação familiar, nesse caso, é um instrumento muito poderoso, que conta com uma taxa de sucesso bem acima da média. Só no Rio de Janeiro, por exemplo, a mediação foi capaz de chegar a acordo em mais de 96% dos casos em que foi aplicada.

Ao ser usada em um processo de divórcio, ela ajuda o casal a chegar a um acordo sobre a separação, resolvendo os conflitos emocionais que impediam que tudo fosse resolvido.

Escolha um profissional com experiência no assunto

Existem muitos advogados atuando profissionalmente no momento, grande parte deles especializados em diversas áreas do Direito.

No entanto, nem todo advogado é especializado em realizar um divórcio, por mais simples que o processo possa parecer para quem olha de fora. Por isso, não basta apenas ser um advogado, é necessário conhecer as particularidades da separação, seus mecanismos e procedimentos.

Um advogado que conheça e tenha ampla experiência no processo de divórcio, já tem uma rotina pronta para acelerar a situação e garantir que os seus clientes sairão o mais satisfeitos possível do procedimento, se é que alguém sequer pode estar satisfeito com alguma coisa quando se divorcia.

Converse com mais de um advogado de divórcio antes de se decidir

O processo de divórcio é algo sério e muito desgastante para os cônjuges. Por isso, deve ser tratado com sobriedade, rapidez e competência.

Portanto, é muito importante escolher o advogado de divórcio certo para o seu caso, de modo a garantir que o processo será tratado da melhor forma possível.

Assim, não é preciso se decidir com a primeira opção que aparecer na sua frente. Converse com mais advogados, ouça a opinião deles sobre o seu caso, verifique como eles recebem seus honorários e decida com calma qual advogado é a melhor opção para você.

É direito do consumidor poder escolher o prestador de serviço jurídico que melhor lhe convenha em cada caso e, se você quer proteger os seus interesses no divórcio, deve contar com um advogado preparado para isso.

Peça recomendações de conhecidos

Se você tiver um amigo ou amiga que já se divorciou, peça a ele um contato do advogado que lidou com o caso, isso se ele ficou satisfeito com o serviço realizado, claro.

Dessa forma, você ganha pelo menos uma nova opção e opinião profissional sobre o seu caso, de modo que possa tomar uma decisão melhor.

Com todas essas dicas, você já está municiado para escolher o melhor advogado de divórcio para cuidar da sua separação.

Se precisar de algum apoio jurídico, entre em contato com o nosso time para saber como podemos ajudar!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp chat